Instagram feed

+ 01145928421 SUPPORT@ELATED-THEMES.COM

Blog

InícioInformação GeralCuidados a ter com o ozono

Cuidados a ter com o ozono

Apesar do ozono (O3) oferecer uma panóplia de benefícios, no que diz respeito à desinfeção e desodorização, é imprescindível ter alguns cuidados, aquando da sua utilização.

O ozono, por ser um gás volátil e agressivo, tem uma alta concentração que, se não se tiver as devidas precauções, pode afetar o sistema respiratório e causar um mal-estar (dores de cabeça, tonturas, tosse, irritação na garganta e/ou nos olhos, dores no peito, falta de ar, agravamento de algumas patologias respiratórias já existentes, redução da resistência a infeções respiratórias).

Para evitar estes problemas, sempre e quando se façam tratamentos de choque (por exemplo o uso de canhões com ozono), deve-se utilizar sempre o ozono sem a presença de pessoas, animais e/ou plantas, e evitar entrar no espaço que está a ser aplicado a desinfeção, durante 30 minutos, tempo necessário para a regeneração do oxigénio. Contudo, há situações em que se pode usar os equipamentos, de menor produção de O3, em espaços com permanência de pessoas e/ou animais, pois a concentração de O3 é abaixo de 0.05 ppm.

Como regra geral, é preciso verificar a produção de O3 de cada equipamento e respeitar as regras básicas no seu uso. Desta forma, irá usufruir ao máximo do ozono, na sua casa e/ou no seu local de trabalho, sem pôr em risco a sua saúde ou a dos seus animais de estimação.

Idioma
×